É possível aprender com música!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Hoje vamos falar sobre lyrics.

É muito comum nos cursos de idiomas os professores colocarem uma música, entregarem a letra para os alunos e depois repetirem umas três vezes.

O negócio é que eu não acho isso o suficiente. Desde que eu faço curso de inglês tenho tido essa experiência de ouvir certa música que a teacher passou, reconhecer certas palavras e frases, mas não entender bulhufas (desculpe a expressão super antiga.. é que eu acho engraçadinha.. rsrs) do que a música está falando. Por isso, eu passei muito tempo acreditando que não é possível aprender com música. Maaassssss… depois de 30 dias de uma “injeção” de ânimo para ‘aprender a aprender’ inglês, através dos maravilhosos vídeos da super cute teacher Fabiana Lara, eu descobri que

É possível SIM aprender com música!

Eu percebi que uma das principais coisas prejudicam o aprendizado com música é o fato de que muitos professores a utilizam apenas como forma de dinamizar, descontrair ou sair da rotina. O correto seria eles ensinarem os alunos a aprender com música. Na sala de aula, pelo seu próprio contexto, é preciso estudar letra, interpretá-la; pois não teria lógica ficar sentado, curtindo um sonzinho e sair sem entender nada… isso se faz em casa, ou no mp3, ou em qualquer outro lugar! O tempo precisa ser melhor aproveitado.

Quais são os benefícios de estudar a letra da música?

  • 1º: Expressões idiomáticas e palavras usuais. As músicas, em sua grande maioria, possuem expressões atualizadas utilizadas por aqueles que têm inglês como idioma nativo.
  • 2º: Vocabulário. As músicas enriquecem o vocabulário de quem está aprendendo.
  • 3º: Compreensão mais rápida do listening. Ajuda a ‘treinar os ouvidos’ a captar mais rápido as palavras e frases do idioma. Assim, você vai se acostumando a ouvir, até que chega um dia que você quase não vai precisar parar a música e voltar para entender o que foi falado.
  • 4º: Pronúncia. Para falar bem é preciso ouvir bem. Quanto mais prestar atenção na pronúncia das palavras, melhor e mais natural você vai falar.
  • Etc… concerteza existem vários outros benefícios, porém estou listando aqueles que eu mais percebi depois que eu comecei a estudar as lyrics.

Dicas para seu estudo:

  1. Se você está no nível iniciante ou básico, escolha aquelas mais fáceis e curtas. As infantis são melhores para quem está iniciando e até mesmo para quem já estuda inglês a algum tempo, pois elas possuem um rico vocabulário.
  2. Escolha músicas que tenham vocabulário compatível com o seu nível. Você não precisa saber todas as palavras da música, mas é necessário entender o contexto dela. Portanto, antes de começar, dê uma lida geral para ter certeza de que você vai conseguir entender.
  3. Analise a letra. Antes de ouvir, leia bem a letra e anote as palavras desconhecidas.
  4. Procure as palavras no dicionário, de preferência em um que seja inglês-inglês, mas caso você esteja no nível básico, talvez seja melhor o português-inglês.
  5. Preste atenção no significado dessas palavras e tente lembrá-las. Escolha três ou quatro delas e forme frases.
  6. Entre as frases da letra, procure exemplos dos tempos verbais que você já estudou e anote ao lado.
  7. Não tente traduzir! Faça o possível para compreender em inglês, para pensar em inglês.
  8. Ouça a música, acompanhando a letra.
  9. Ouça a música sem a letra.
  10. O principal: para ficar habitualizado com o vocabulário, é necessário reservar cerca de 10 minutos por dia, durante 1 ou 2 semanas para cada letra que você for analisar. Então, depois dos passos acima listados, reserve um tempo para escutar a música, ler e lembrar das palavras desconhecidas.

Bom, eu acho que essas dicas servem para qualquer idioma estrangeiro. É um método de estudo bem eficaz.

That’s it for today,

See you later!

2 comentários:

  1. Anderson disse...:

    Olá,
    Poderia me indicar uma música para um iniciante?

  1. Anderson disse...:

    Opa, obrigado!!! Vou tentar...